Blog


certificado ssl Google Chrome

A partir de janeiro 2017, a nova versão do navegador do Google, o Chrome 56, enviará um alerta sempre que os usuários acessarem sites sem o certificado SSL de segurança. A mensagem “não seguro” será exibida na barra de endereços e irá chamar a atenção para a possibilidade de que as informações trafegadas possam estar vulneráveis. Isso acontecerá em todas as conexões HTTP padrão onde o visitante transmitir senhas e número de cartões de crédito, então atenção lojista não deixe de se enquadrar nas novas normas, para que não perca vendas. Lembrando que certificado digital para loja virtual o custo é muito barato pelo benefícios que o mesmo se propõe, então a dica aqui é, atente-se e coloque hoje mesmo certificado ssl em sua loja virtual. “O Certificado SSL é a tecnologia que garante a segurança das transações online e traz a vantagem competitiva por oferecer um site confiável e legítimo. Além disso, oferece proteção tanto à empresa quanto ao usuário final do website”, orienta André Kemp, gerente de estratégia de negócios da Serasa Experian. Confira alguns alertas do executivo sobre o uso da tecnologia: 1- Segurança: todas as informações trafegadas entre o navegador do usuário e o site são criptografadas. Ao visitar um site seguro, o usuário visualiza um cadeado ao lado do endereço, o que significa que os dados estão protegidos. 2- Confiança do usuário: navegar em um site em que os usuários têm certeza de sua autenticidade transmite confiança ao usuário. O cadeado de site seguro mostra que se trata de um ambiente confiável, legítimo e autêntico. 3- Mais vendas: para as lojas virtuais, a garantia de segurança pode resolver o problema do abandono dos carrinhos de compra, já que um dos principais receios dos consumidores na internet continua sendo insegurança no ambiente online....

Continue Lendo...


dicas para vender mais

Veja essas dicas para vender mais em sua loja virtual ou ecommerce Mensurar sempre Os testes A/B permitem que se avalie a melhor abordagem ou o melhor layout para campanhas e/ou e-marketing. Já o Google Analytics e outras ferramentas de mensuração irão lhe mostrar dados sobre o usuário e seu comportamento de navegação, como número de visitas e origem do tráfego. Todos esses recursos fornecerão informações para que o cenário e a situação em que o ecommerce se encontra sejam melhor compreendidos, auxiliando na tomada de decisão e tornando o ambiente virtual mais bem preparado para receber os visitantes, já o Google Adwords, Google Merchant, Buscapé serão ferramentas que lhe ajudarão a divulgar seus produtos para usuários segmentados e dispostos a comprar. Confiança Um dos maiores motivos que leva o e-consumidor a não efetuar uma compra é a confiança. Desse modo, as lojas virtuais de grandes magazines levam vantagem. Lojas menores podem tomar algumas atitudes para virar o jogo a seu favor. Incluir uma página com a história do negócio; Exibir o CNPJ e as formas de contato que a empresa possui. Isso inclui endereço, e-mail, redes sociais, chat e telefone. Quanto ao telefone, é interessante ter um número com WhatsApp disponível para agilizar a comunicação com os clientes, mas também um fixo, pois passa mais credibilidade; Não ter nenhuma reclamação no Reclame Aqui ou resolver o que está pendente de maneira satisfatória para ser bem avaliado pelo cliente; Buscar selos como o certificado SSL e o e-Bit para aumentar a credibilidade da sua loja. Conheça seu consumidor Informações sobre o perfil do consumidor – fornecidas por ferramentas de análise e/ou CRMs – viabilizarão a personalização de ações de marketing e da abordagem da comunicação. Nesse ponto, não estamos falando apenas de ter acesso a dados demográficos, mas de ir...

Continue Lendo......

Continue Lendo...


Preciso ter uma empresa para vender online

É obrigatório ter um CNPJ para abrir uma loja virtual? De forma bem simples, a resposta a essa pergunta é NÃO. Não há necessidade de ter um CNPJ para abrir uma empresa, porém ao abrir CNPJ para essa finalização sua credibilidade para com seus clientes é muito melhor. Há inúmeros provedores comerciais que oferecem serviços de lojas virtuais para que você possa montar seu comércio eletrônico sem que seja necessário um CNPJ. Nesses casos, tudo que basta para poder conseguir iniciar as vendas é ter um CPF, o que todo cidadão brasileiro possui. De qualquer modo, é prudente informar a necessidade de que você faça, independente do porte da sua empresa, uma formalização e uma prestação de contas junto à Receita Federal. Somente a partir daí você poderá emitir nota fiscal para os seus clientes. Além disso, formalizar-se junto à Receita permite obter inúmeros outros benefícios exclusivos de empresas formalizadas. Mas o mais importante disso é: estar formalizado junto à Receita te dará mais credibilidade e passará mais segurança aos seus clientes. Isso, com toda certeza, ajuda no crescimento e na sustentabilidade da sua empresa. Qual o custo para ter um CNPJ para uma loja virtual? Você não gasta nada para abrir um CNPJ para o seu comércio eletrônico. O CNPJ é apenas um documento de cadastro disponibilizado pela Receita Federal para pessoas jurídicas (empresas). Agora, isso não quer dizer que ter um CNPJ não lhe trará custos. Você, com um CNPJ, irá ter despesas com a abertura de uma empresa (PJ) como acabaria tendo com qualquer outro tipo de empresa. Para uma loja virtual, com CNPJ, você precisará ter um contador para quando sua empresa começar a funcionar. Desse modo, é fundamental que você contrate uma empresa ou um profissional especializado para cuidar de forma eficiente de você. Será...

Continue Lendo......

Continue Lendo...



Themetf